Que Brasil você quer para o futuro?

Política - por Thúlio Marques Corrêa

Publicado em 21/05/2018
Por Thúlio Marques Corrêa

 

Não se pode negar que a atual conjuntura política de nosso país se encontra incerta e insegura para todos nós, cidadãos que iremos às urnas no dia 07 de outubro. Gradualmente fomos observando o quadro político brasileiro se alterar e nos surpreender com seus acontecimentos que poderiam compor o enredo de uma série de TV, comparação frequentemente feita entre os brasileiros e, inclusive, por outros países, nas redes sociais.

Num cenário atual em que um dos maiores símbolos políticos das eleições, senão o maior, foi condenado e preso diante das denúncias apuradas pela Operação Lava Jato, fica incerto o resultado vindouro. A figura do ex-presidente Lula tem se enfraquecido no cenário político, embora a grande massa popular continue lhe apoiando e desejando vê-lo nas eleições. A última derrota veio com a decisão do juiz da 6ª Vara Federal de Campinas, no dia 17 de maio, em que deferiu liminar na qual o petista perdeu, ainda que provisoriamente, seu direito a assessores, motorista e segurança.

Contudo, não se pode deixar de observar que, diante dessas situações, outras “saídas” têm sido encontradas pelos brasileiros como forma de “consertar” a política brasileira, tão assolada pela corrupção. Como que trazendo o mito do “Sebastianismo”, crença mística do povo português logo após o desaparecimento de seu governante, Dom Sebastião, nos idos de 1554-1578, segundo a qual este rei, como um novo messias, retornaria para levar o país a outros apogeus de glórias e conquistas, surge, nas pesquisas eleitorais, a figura crescente de Jair Bolsonaro. Tem ganhado adeptos devido à sua visão radical para acabar com a violência no país e por fazer acreditar que colocará fim à corrupção governamental.

Não obstante, muitos apostaram suas fichas na candidatura do ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, admirado por sua firmeza e radicalismo nos julgamentos de corruptos levados à Suprema Corte. No entanto, o jurista ainda não se posicionou de maneira firme sobre o assunto, mas disse não ter a intenção de concorrer à Presidência da República.

Ainda existem outras apostas do povo brasileiro, como a da candidata famosa por ser vista somente de quatro em quatro anos, Marina Silva, ou, até mesmo, o ultimamente polêmico, Ciro Gomes.

Entretanto, a situação política ainda se mostra indefinida e “estamos todos no mesmo barco”, desejando que tempos melhores venham a nós.  E a você, nos moldes jornalísticos atuais, eu pergunto: “Que Brasil você quer para o futuro? ”.

 


Sobre o autor

Thúlio Marques Corrêa

Colunista em Política e Artes

Thúlio Marques Corrêa é advogado formado pela PUC-MG e pós-graduado em Ciências Criminais pelo Complexo de Ensino Renato Saraiva e Universidade Estácio de Sá.

Além do Direito, profissionalizou-se como ator profissional com registro junto ao Sindicato dos Artistas e Técnico ...

Ver Perfil

Veja também