Produtores e comerciantes preocupam-se com a colheita de café em Muzambinho

Pelo que apontam produtores de café e o comércio local, a microrregião da Baixa Mogiana não deve acompanhar a alta nas colheitas como o restante do Sul de Minas

Publicado em 08/05/2018
Por Fábio Carvalho

 

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2017 as lavouras no Sul de Minas produziram 13,68 milhões de sacas de café e neste ano de 2018 espera-se uma colheita de 16,4 milhões. Entretanto, os comerciantes e produtores do grão na microrregião da Baixa Mogiana - Muzambinho, Cabo Verde, Guaxupé, Nova Rezende e outros municípios - declaram que localmente a maioria das colheitas não deve acompanhar a alta de 19%.

O produtor de café Celso Bueno Miranda conta que possui cerca de 80 mil pés para a colheita deste ano, no bairro Santa Marta, mas destaca que conversando com a maioria dos produtores a expectativa está baixa. “Estes dados tão por fora de tudo. Só vai colher bem quem renovou a lavoura, como eu. Meus vizinhos, que colheram bem em 2017, estão preocupados com essa colheita”, declarou o produtor.

Quanto aos comerciantes do grão, o empresário no ramo de café Claudinei Montever também reforça que em torno de Muzambinho a colheita não acompanhará o crescimento esperado para as colheitas no Sul de Minas. “Apesar de esperarmos uma colheita boa, nossa região está contrária ao Brasil. Acreditamos numa queda de 30 a 40% na quantidade de sacas para a colheita de 2018”, afirmou Montever.

2019

Claudinei ressaltou ainda que as expectativas para o próximo ano são preocupantes devido a causas climáticas, referindo-se a períodos inesperados de seca. “Se continuarmos com falta de chuva em 2018, como a que ocorreu no mês de abril, os pés que irão produzir para o próximo ano serão afetados. Isso pode reduzir ainda mais os números de produção em Muzambinho e municípios próximos”, finaliza.

 


Sobre o autor

Fábio Carvalho

Dono e Editor Chefe do Muzambinho Notícias - Portal MUN

Fábio Carvalho estudou jornalismo na PUC-PR graças ao Prouni, de 2013 a 2017. É especialista em redes socias pela Academia do Marketing, técnico em informática e técnico em análise de credito e cobrança formado pelo IFSULDEMINAS - Campus Muza ...

Ver Perfil