"Pompa, absurdo e muitos gols": como o mundo viu o primeiro dia da Copa na Rússia

Na abertura, cantor inglês Robbie Williams e a soprano russa Aida Garifullina foram as estrelas. No jogo entre Rússia e Arábia Saudita, a goleada de 5 a 0 surpreendeu a todos.

Publicado em 14/06/2018
Por GaúchaZH
Imagem anuncio desenhando muz

 

A imprensa internacional repercutiu a cerimônia de abertura da Copa do Mundo da Rússia 2018 e a convincente vitória da seleção russa sobre a Arábia Saudita, com um show de 5 a 0. Confira o que alguns dos principais portais de notícias do mundo destacaram sobre a competição nesta quinta-feira (14), primeiro dia de disputa.

The New York Times (Estados Unidos)

A página principal do site do The New York Times não deu muito destaque para a Copa do Mundo durante o dia. Em uma seção dedicada ao evento, a goleada da Rússia por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita mereceu maior espaço. As outras reportagens destacadas incluíam uma análise sobre a recepção da Rússia aos estrangeiros ("A Rússia recebe o mundo, para o bem ou para o mal"), uma espécie de guia para leigos em futebol ("Como falar sobre a Copa do Mundo e parece razoavelmente esperto"), e a preocupação com as arquibancadas no estádio de Ecaterimburgo ("Se você tem medo de altura mas vai à Copa do Mundo, não sente aqui").

The Guardian (Reino Unido)

Em sua edição internacional online, o britânico The Guardian reservou um bom espaço ao evento. Qualificando o primeiro dia de Copa como "delirante", o Guardian falou em "grandiosidade" e encheu a equipe russa de elogios pela vitória sobre os sauditas. "No evento, tudo funcionou como um sonho". A principal reportagem sobre o primeiro dia de Copa dizia, em tradução livre: "Pompa, absurdo e muitos gols dão um início delirante à exibição russa". O "absurdo" referia-se à cerimônia de abertura, que contou com alguns maus momentos.

Clarín (Argentina)

Em área de destaque no portal argentino, a cobertura da Copa do Mundo do Clarín focava, além de em uma análise da cerimônia de abertura e da partida entre Rússia e Arábia Saudita, também no confronto de sexta-feira (15) entre Uruguai e Egito.

Le Figaro (França)

No francês Le Figaro, a cobertura da Copa do Mundo na página principal foi secundária. Apenas depois de dezenas de assuntos nacionais e internacionais a competição foi mencionada, com destaque para a atuação da jovem promessa russa Aleksandr Golovin.