Mortalidade de crianças no Brasil aumentou após 15 anos de queda no índice

Triste realidade é apontada por pesquisa da Fundação Abrinq

Publicado em 26/05/2018
Por UOL Notícias

 

Uma análise da Fundação Abrinq sobre dados do Ministério da Saúde indica que em 2016 a taxa de mortalidade na infância -- crianças entre 0 e 5 anos -- registrou piora, indo de 14,3 para 14,9 por 1.000 nascidos vivos -- uma alta de 4,19%. O Ministério da Saúde ainda não consolidou a taxa de 2017. Se confirmada, essa seria a primeira alta em 15 anos.

No ano 2000, a taxa de mortalidade de crianças era de 30,1 por 1.000 nascidos vivos. O Brasil conseguiu reduzir pela metade a mortalidade na infância no período. Os dados de 2016 refletem a projeção de impacto negativo da recessão econômica, do aumento da pobreza e dos cortes em políticas sociais apontadas em estudos recentes.

Saiba mais na notícia do portal UOL