188: ligação gratuita para prevenção do suicídio

Parceria entre CVV e o Ministério da Saúde leva o serviço a 5.500 municípios

Publicado em 01/07/2018
Por Redação MN
Imagem Vem para o Clube MN

Em 2015 foi assinado o termo de cooperação técnica entre o Centro de Valorização da Vida (CVV) e o Ministério da Saúde para a realização da ligação para prevenção ao suicídio. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou o ato de autorização estabelecendo que o número 188 seria disponibilizado a partir de então.

Para muitas pessoas, viver e estar vivo é uma decisão que se toma diariamente, sua vida é importante demais, se precisar conversar, ligue 188!

O serviço gratuito atendia apenas no Rio Grande do Sul. Na fase inicial do projeto, o número de atendimentos diários realizados por ligação foi de 250 para 800. Minas Gerais começou a fazer parte do grupo no dia 30 de março de 2018. E a partir hoje (02), os estados da Bahia, Maranhão, Pará e Paraná possibilitam que o atendimento ocorra no país inteiro.

A expansão do projeto prevê que ao unificar o atendimento nacionalmente, os usuários poderão ser atendidos por voluntários disponíveis em qualquer estado do Brasil. Anteriormente, como os atendimentos eram locais e variavam de cidade para cidade, um usuário que fizesse uma ligação para prevenção do suicídio e encontrasse a linha ocupada, teria que aguardar até que o atendimento anterior fosse finalizado. Com a mudança, o atendimento poderá ser realizado por alguém que está até mesmo do outro lado do país.