Envelheça com saúde!

por Bruno Paulino

Publicado em 08/06/2018
Por Bruno Paulino

 

Que uma prática regular de exercícios físicos nos traz inúmeros benefícios, todos já sabemos. Porém, você sabe quais são as atividades mais indicadas para a terceira idade? Afinal de contas, provavelmente todos nós passaremos por essa fase da vida e torcemos para chegar lá da melhor forma. Mas para isso, bora se exercitar!

No Brasil, o número de idosos cresceu cerca de 40% entre os anos de 2002 e 2012. Estima-se que até 2040 essa população aumente ainda mais, aproximadamente 28,4 milhões (23,8%), representando 153 idosos para cada 100 jovens brasileiros. A inatividade física é o quarto fator de mortalidade no mundo, acarretando aproximadamente 3,2 milhões de mortes por ano, ficando atrás somente da hipertensão, tabagismo e diabetes, respectivamente.

Como envelhecemos?

O envelhecimento é um processo multifatorial, podendo ser: cronológico, social e biológico, este último expresso pelas alterações funcionais e estruturais no organismo, fazendo com que ocorra um declínio das nossas capacidades físicas. Contudo, envelhecer não está relacionado à presença de doenças. Na ausência de patologias e distúrbios, esta fase da vida pode se associar com um bom nível de saúde e qualidade de vida.

O envelhecer acontece de forma gradativa, afetando nosso sistema cardiorrespiratório - com a perda da elasticidade do tecido pulmonar e parede torácica-, diminuição da capacidade de gerar força devido à perda de massa muscular e aumento da gordura subcutânea, na coordenação motora e equilíbrio do indivíduo – ocasionando maior risco de quedas e lesões –, e também na diminuição da mobilidade e flexibilidade, dificultando atividades da vida diária (AVD).

A prática regular de exercícios físicos pode retardar esse processo, lembrando sempre que a presença do profissional de educação física para avaliar, prescrever e aplicar seus exercícios é de fundamental importância, para que a intervenção seja eficaz. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu metas em suas diretrizes: 150 minutos semanais de exercícios aeróbicos de intensidade moderada, para manutenção da capacidade cardiorrespiratória, e exercícios de fortalecimento muscular em dois ou mais dias da semana, para manter a massa muscular.

Alguns benefícios da prática regular de exercícios físicos para os idosos:

  • Controle do peso e percentual de gordura, aumentando a massa magra e diminuindo a massa gorda
  • Manutenção e aumento da força muscular e densidade óssea
  • Melhora da flexibilidade e mobilidade, da imagem corporal e autoestima, dos níveis de HDL (lipoproteínas de alta densidade) e diminuição do LDL (lipoproteína de baixa densidade)
  • Diminuição da frequência cardíaca de repouso e pressão arterial
  • Prevenção do declínio das funções cognitivas
  • Diminuição e prevenção do estresse, ansiedade e depressão
  • Reintegração social e socialização

Seja na musculação, na caminhada, na natação ou na hidroginástica, o importante é não dar espaço para o sedentarismo, para poder desfrutar o máximo da vida!


Sobre o autor

Bruno Paulino

Colunista de Educação e Saúde e Bem-Estar

Formado em educação física pelo IF Sul de Minas, Campus Muzambinho, atualmente Bruno é personal trainer e professor de BOX FIT na Vitta Santé e professor de hidroginástica no Espaço Ana Hata, na cidade de Guaxupé.

Ele é especialista em ...

Ver Perfil

Veja também