Confirmada primeira morte por H1N1 em Guaxupé

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (28), a Prefeitura Municipal de Guaxupé confirmou o caso

Publicado em 28/06/2018
Por Redação MN

 

Após a morte de um paciente em Guaxupé, pela gripe H1N1, a Prefeitura Municipal da cidade realizou uma coletiva de imprensa para confirmar o caso e conscientizar a população. No município existe um grupo de risco composto por 40% das crianças, 29 % das gestantes e 20% dos idosos que ainda não tomaram a vacina.

Os sintomas da gripe suína são parecidos com a da gripe comum, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A.

O período de incubação varia de 3 a 5 dias. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com animais, objetos ou pessoas ifectadas, por meio das vias aéreas, partículas de saliva e outras secreções.

Sintomas

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar febre alta (acima de 38º, 39º) e de início repentino, dores muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

 


Sobre o autor

Daiane Del Vale

Colaboradora em produção de conteúdo

Estudante de Jornalismo, Uninter Guaxupé. 

Redes: Facebook

...
Ver Perfil