A importância do ensino musical na infância

por Lúcio Di Paulo

Publicado em 12/06/2018
Por Lúcio Di Paula

 

        Todos sabemos que a música faz parte da essência do ser humano, desde a infância até a velhice, apreciada como arte e sendo também a profissão de muitas pessoas, como músico instrumentista, compositor, cantor, produtor, professor de canto ou instrumento e vários outros segmentos. Porém, a música não só proporciona a arte de ouvir ou de ser uma profissão, serve também como desenvolvimento inicial do ser humano, ou seja, nos primeiros anos da infância.

         Uma criança que tem contato com um instrumento na infância poderá estimular o cérebro a se adaptar com mais facilidade às diferentes fases ao longo da vida. Além disso, ela desenvolverá com mais rapidez e eficiência um circuito de memórias ao estudar a teoria musical, como: padrões rítmicos, sensibilidade motora e também raciocínio lógico.

          Outro fator que beneficia a criança que estuda música é a capacidade no aprendizado das palavras e fala. Uma criança que estuda canto por exemplo é direcionada a aprender uma canção proposta pelo professor, e se for orientada conseguirá  ter uma dicção melhor, mais facilidade ao ler um livro e para expressar suas emoções.

          Por último, não menos importante, o estudo de música na infância estimula a criança a ter concentração e paciência. A concentração seria no caso da criança ter foco no instrumento ou no canto que ela esteja estudando, contribuindo para com  seus estudos básicos. Por exemplo, em uma prova a criança que estuda música conseguiria se concentrar melhor, ou mesmo em um lugar que não haja silêncio absoluto. A paciência ela desenvolveria quando entendesse que para aprender a tocar um instrumento é preciso ter calma e perseverança. Esta virtude de ser paciente fará com que ela tenha um melhor relacionamento com os país, boa convivência na escola e se torne um adulto menos impulsivo e com mais agilidade para lidar com os imprevistos.

           Incentivem seus filhos, netos, sobrinhos a aprenderem um instrumento ou a cantar, se possível nos primeiros anos de vida. Junto a escolas e professores especializados na área da música, a criança acabará desenvolvendo tudo que já foi citado e, além disso, será um propagador da arte. Você por sua vez estará sendo beneficiado porque ela desenvolverá com mais facilidade seu lado racional e trilhará  seu caminho como um ser humano mais compromissado com os seus objetivos. Isso nos traz orgulho e tranquilidade pelas boas escolhas e sucesso que ela terá chance de alcançar durante toda a vida!


Sobre o autor

Lúcio di Paula

Colunista de Música

Músico nato, Lúcio Antônio de Paula Inácio, mais conhecido como Lúcio di Paula, estuda licenciatura em educação musical pelo Unimes (Universidade de Santos) e também "Boas práticas de regência” no projeto Orquestrando do Sesi-SP, orientado pelo maestro Jo&at ...

Ver Perfil

Veja também